INÍCIO /// INTERNACIONAL
 
 
 
 
 
Participantes na cerimónia de abertura.
Artigo publicado a 2016-06-16 /// 1072 visualizações
 
CNE presente na 2ª edição do European Youth Event
Nos dias 20 e 21 de maio decorreu no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, a 2ª edição do European Youth Event (EYE). Este evento juntou cerca de 7500 jovens de todos os cantos da Europa e deu a oportunidade de se fazerem ouvir.
A região europeia da organização mundial do escutismo, uma das maiores associações juvenis da Europa, esteve representada por 20 escuteiros de diferentes associações, numa comitiva muito diversa e entusiasmada, na qual o CNE também fez parte.

Decorrendo num ambiente de partilha de ideias e experiências, este evento dava aos participantes dois tipos de atividades distintas: sessões com dinâmica formal dentro do Parlamento e workshops lúdicos e dinâmicos nas redondezas deste (YO!Village). As sessões realizadas durante todo o evento, quer no parlamento quer na YO!Village, estavam enquadrados nos seguintes temáticas: “Guerra e Paz”, “Apatia ou Participação”, “Exclusão ou Acesso”, “Estagnação ou Inovação”, “Colapso ou Sucesso”.

Mais concretamente, foram abordadas questões pertinentes relacionadas com os jovens europeus como o desemprego juvenil, a apatia dos jovens em relação às questões politicas, o envolvimento e participação destes na vida das comunidades onde se inserem, o sistema educativo, etc… Além destes assuntos, foram abordadas questões mais politicas como as pessoas refugiadas, a continuação do Reino Unido na EU, evasão fiscal, alterações climáticas, acordos comerciais com os EUA, etc….

Dentro do Parlamento, ocorriam simultaneamente cerca de 15 sessões de debate ou consulta, nas quais normalmente ocorriam brainstormings sobre os temas a trabalhar e, em seguida, as conclusões eram apresentadas a membros do Parlamento e outras pessoas envolvidas nas instituições Europeias, que comentavam e registavam as ideias com a finalidade de serem apresentadas e tomadas em consideração nas futuras reuniões do Parlamento Europeu. As sessões exteriores ocorriam continuamente, onde as organizações parceiras do Parlamento Europeu convidavam os participantes que se encontravam nas redondezas a participarem nas atividades preparadas.

Algumas destas incluíam, por exemplo, subir uma rampa sentado numa cadeira de rodas ou simular uma entrevista de emprego no papel de um muçulmano.

Como participante neste evento tive a oportunidade de participar em três sessões distintas dentro do parlamento, com temáticas sobre o voluntariado juvenil e as competências adquiridas nestas atividades, democracia e a participação juvenil na sociedade, e novas ideias para a criação de politicas amigas da juventude.

Apesar de cada sessão incluir cerca de 50 pessoas, tive a oportunidade de conseguir partilhar com os políticos europeus presentes e restantes participantes o meu ponto de vista e a importância do Escutismo na formação dos jovens dos jovens, tanto para uma vida ativa na sociedade que estamos inseridos tanto como no ensino das competências que são úteis na vida adulta dos jovens membros da organização.

Além desta participação direta, a troca de experiências e ideias com os restantes participantes da representação da Organização Mundial do Movimento Escutista enriqueceu bastante a minha visão do papel do escutismo, tornando o a minha participação mais rica e animada.

Para concluir, atendendo à dimensão do evento é difícil resumir todos os assuntos abordados e conhecer até que ponto estes terão algum impacto direto na Europa do futuro. No entanto, a sensação com a que fiquei após terminado este Encontro Europeu da Juventude é que a voz dos jovens foi realmente ouvida e será tida em conta no processo de decisão político nos assuntos mais importantes da Europa atual.

Texto de: Filipe Duarte. Fotografia de: Participante European Youth Event .
 
Bookmark and Share