INÍCIO /// REGIÕES
 
 
 
 
 
Guias reunidos.
Artigo publicado a 2016-10-25 /// 2396 visualizações
 
O I Conselho Regional de Guias da região do Porto
78 guias oriundos de 26 agrupamentos da Região do Porto, participaram nesta atividade.
“O Conselho de Guias é tão velho como o Escutismo e, a meu ver, é fundamento essencial para um escutismo eficiente no Grupo” John Thurman

O primeiro Conselho de Guias da região do Porto decorreu no Centro Escutista de São Mamede de Infesta (CESMI) e contou com 78 guias, 15 da I Secção, 20 da II, 20 da III e 18 da IV, oriundos de 26 Agrupamentos da região.

Este conselho teve como objetivos transmitir aos jovens as possibilidades de participação e envolvimento na vida da associação, desde a normal presença no Conselho de Guias da sua Unidade até às propostas de envolvimento no Agrupamento através de Conselho de Guias de Agrupamento ou em projetos da sua Comunidade Local; permitir e facilitar o conhecimento mútuo dos Guias participantes, as suas qualidades, valores e aptidões e ainda escolher dois guias por cada secção, a nível regional, que representem a nossa Região no Conselho Nacional para Guias.

Maria Sousa, do Agrupamento 391, Santo António das Antas referiu que ”…a atividade foi bastante enriquecedora em muitos sentidos, desde logo porque tivemos a oportunidade de partilhar ideias e experiências. Também valorizo a oportunidade educativa que nos permitiu equacionar diversas soluções para o desenvolvimento do nosso papel como guias, papel esse que deve ser aplicado em todas as unidades do CNE. Considero muito importante que haja mais conselhos regionais de guias, para que o nosso papel permaneça ativo no movimento do qual fazemos parte” continua acrescentando que “…quando os nossos chefes promovem o "Ask the boy" estão a capacitar-nos para sermos participantes ativos em vários contextos da nossa vida…” Concluiu referindo ”…considero que ao repetir a promoção de iniciativas como o Conselho Regional de Guias, todas as nossas vozes serão ouvidas e com certeza serão úteis para o CNE e para a sua evolução.”

O dirigente Hélder Nogueira, do Agrupamento 446, Valongo referiu que “…foi notório o empenho, envolvimento e dedicação dos nossos guias e acima de tudo uma enorme vontade de contribuir. Penso que se pode resumir a manhã de trabalho a uma frase que um dos guias deixou escrita no painel final: “PS: Façam mais cenas destas!”

Texto de: Manuel Joaquim. Fotografia de: Nuno Pacheco.
 
Bookmark and Share