INÍCIO /// REGIÕES
 
 
 
 
 
Lobitos da região de Setúbal em festa.
Artigo publicado a 2016-11-07 /// 2761 visualizações
 
Cristo Rei de amarelo para celebrar os 100 anos de Lobitismo em Setúbal
Monumento foi iluminado da cor dos mais pequenos, numa grande atividade regional que contou com 650 lobitos e cerca de 150 dirigentes em Almada.
A festa fez-se com pompa e circunstância em Setúbal, com o Santuário Nacional do Cristo Rei, em Almada, a ser o local escolhido para celebrar o encontro dos lobitos neste passado sábado, na comemoração do Jangal Tau, atividade típica regional da secção, onde se celebrou os 100 anos do Lobitismo.

Participaram nesta comemoração especial para os Lobitos de todo o mundo, 34 Alcateias da região. Após o check in, os mais pequenos tiveram uma série de desafios para realizar, como conhecer 100 lobitos de outros agrupamentos ou escrever algumas das obras de misericórdia.

Ainda durante a manhã, houve tempo para um dos momentos altos do dia. Os cerca de 650 lobitos que participaram na atividade colocaram-se em posição para formar o número 100 e imortalizar o momento com uma fotografia captada por um drone.

Durante a tarde, houve tempo para vários ateliers, oficinas e workshops, onde os mais pequenos participaram em gincanas, construíram em plasticina o Tau, símbolo de São Francisco de Assis ou escreverem numa cápsula do tempo o que acham que pode ser o escutismo daqui a 25 anos.

Ao final da tarde, teve lugar a eucaristia, presidida pelo Bispo de Setúbal, D. José Ornelas, que deixou o seu carinho às crianças presentes no Santuário, tendo a iniciativa de dar uma bênção a todos os lobitos que não tinham a primeira comunhão e não podiam, assim, receber o corpo de Deus.

Na saída da eucaristia, os olhares viraram-se para o monumento do Cristo Rei que, também ele decidiu fazer a festa, ao estar iluminado de amarelo, a cor dos lobitos.

Depois de jantar, houve tempo para uma pequena festa amarela, onde os lobitos foram pintados e puderam dançar ao som das músicas mais conhecidas. A celebração terminou por volta das 21h30, com direito a bolo e a fogo de artifício.

Texto e fotografia de: Diogo Marcelo.
 
Bookmark and Share