INÍCIO /// AGRUPAMENTOS
 
 
 
 
 
Aniversário e Promessas celebrados no 1100, do Parque das Nações.
Artigo publicado a 2017-02-23 /// 217 visualizações
 
1100 Parque das Nações celebra promessas e festeja 20 anos
Tudo que era canto e sítio pelos lados da Igreja dos Navegantes, Parque das Nações fervilhava de vida e de ação. A excitação de todos, dos mais novos aos mais velhos, quase que era palpável.

Do agrupamento, Optimists, Raqueros, Scouts, Lasers, Canoas, palamentas, motores fora de bordo e toda uma panóplia de diverso material, era carregado e transportado para servir de decoração do espaço onde iria decorrer a comemoração dos 20 anos.

Na Igreja dos Navegantes, as diversas secções iam ensaiando a fórmula da promessa.

Nada parou até que a noite chegou e foi tempo de interiorizar o momento da promessa vivida no dia seguinte, reunindo toda a comunidade em Vigília de Oração.

Realizada na Escola Secundária, para além do efetivo do Agrupamento, participaram na Vigília de Oração cerca de 200 familiares e amigos do 1100.

Após as boas vindas aos participantes dadas pelo Chefe de Agrupamento, o assistente do agrupamento, Cónego Paulo Franco, tomando como ponto de partida o Evangelho Lc 5, 1-11, refletiu sobre a imagética do mar, dos barcos e sobre o quanto é importante, cada vez mais, dialogarmos uns com os outros no sentido de ultrapassar dias de nevoeiro e por vezes tempestade, como durante estes 20 anos, o 1100 do Parque das Nações foi capaz de fazer, e constituir-se, cada vez mais forte e mais capaz de proporcionar mais e melhores oportunidades educativas às crianças e jovens.

Os candidatos a Dirigentes partilharam com a comunidade as dificuldades e alegrias que viveram durante o seu percurso formativo e reiteraram a sua disponibilidade para colaborarem na formação dos jovens. A noite terminou com a bênção das insígnias pelo Assistente do agrupamento.

E chegou o grande dia! Aos poucos todos iam convergindo para a Igreja dos Navegantes. Os mais novos, como passarinhos prestes a realizar o primeiro voo, saltitavam de lado para lado, nervosos e excitados. Os mais velhos iam libertando o nervosismo, cantando, saltando. Os Dirigentes iam afinando os últimos pormenores e recebiam os diversos convidados.

Estiveram presentes na cerimónia, onde celebraram a sua Promessa quatro dirigentes e 30 elementos das quatro secções, o Secretário Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade, José Rodrigues, elementos da Junta Regional de Lisboa, da Junta de Núcleo Moinhos de Vento, para além de diversos convidados e muitos membros da comunidade paroquial.

A encerrar a cerimónia o Secretário Nacional José Rodrigues desejou a todos os maiores sucessos e agraciou o dirigente Nuno Baptista pela sua abnegação, espírito de sacrifico e serviços prestados ao CNE, com a Cruz de São Jorge de 3ª Classe.

Durante a tarde os 20 anos do Agrupamento foram celebrados numa sala do Meo Arena onde, entre efetivo do agrupamento, seus familiares e convidados, se juntaram mais de 500 pessoas. Durante o almoço de confraternização, ao jeito de um Fogo de Conselho, as diversas secções e antigos elementos do Agrupamento foram apresentando peças alusivas ao 20 Anos.

Texto e fotografia de: Manuel Joaquim.
 
Bookmark and Share