INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Sob o lema: Servir.
Artigo publicado a 2017-09-06 /// 1166 visualizações
 
Observatório Regional da IV
Nos dias 1, 2 e 3 de setembro, realizou-se a 3ª edição do "24 às Cegas" onde cerca de 67 caminheiros e dirigentes se juntaram para fazer jus à sua principal divisa: Servir.
A 3ª edição contou com caminheiros e dirigentes provenientes das regiões de Leiria-Fátima, Lisboa, Porto, Braga, Portalegre e Castelo Branco.

O “24 às Cegas” é uma atividade escutista realizada na região de Leiria-Fátima onde se pretende que cada Caminheiro, Candidato a Dirigente ou Dirigente inscrito, realize uma atividade com missão de serviço voluntário durante 24 horas.

A atividade ocorre sempre no primeiro fim de semana de setembro desde 2015 e contempla várias ações de serviço realizadas em pequenas equipas (distribuídas geograficamente pela Região de Leiria-Fátima), em diversas áreas de intervenção Social, Ambiental, Animal, entre outras. O nome da atividade é o que lhe confere o caráter especial, uma vez que o serviço a ser realizado é desconhecido pelo participante até à chegada ao local.

Esta atividade surge da missão do Observatório Regional da IV, uma equipa de caminheiros que pretende ser uma plataforma de comunicação e ação entre os escuteiros Caminheiros da Região de Leiria-Fátima e as necessidades de Serviço da Região. O objetivo é que este seja responsável por identificar estas necessidades, divulgar aos Caminheiros e organizar os mesmos para que se possa desenvolver uma atividade que resolva ou mitigue alguns desses problemas.

Com início e terminus de atividade no centro escutista Quinta do Escuteiro, os participantes foram distribuídos pelas localidades de Minde, Maceira, Amor, Fátima, Marrazes, Porto de Mós, Batalha, Leiria e Ourém partilharam a sua força de vontade e "mão-de-obra" para poderem fazer a diferença e tornar o dia de outras pessoas um pouco melhor.

O Observatório da IV, enquanto impulsionador desta atividade agradece a todos os participantes pela sua dedicação, boa vontade e animação durante três dias que deram tanto fruto.

Texto de: OBSIV. Fotografia de: Junta Regional Leiria-Fátima.
 
Bookmark and Share