INÍCIO /// NACIONAL
 
 
 
 
 
Viver o espírito das Aparições.
Artigo publicado a 2017-09-27 /// 314 visualizações
 
Estandartes Mensagem de Fátima
Esta campanha celebra o centenário das Aparições e teve uma primeira edição com a peregrinação de maio passado. É relançada para a peregrinação de outubro, com a colaboração do CNE.
A campanha “Estandartes Mensagem de Fátima” foi concebida e lançada pela BAC – Speakers Bureau, empresa portuguesa especialista na conceção de eventos, tem o apoio oficial do Santuário de Fátima e o CNE como parceiro de divulgação.

Ela visa criar uma onda clara e brilhante de palavras celestes, que ressoem na consciência das pessoas, transcendendo a comemoração da data centenária. Os estandartes são para aplicação em janelas, lojas, nas paróquias, nas sedes de agrupamento e outras localizações consideradas adequadas.

Foi produzida uma série de quatro estandartes, contendo palavras que identificam e transmitem o conteúdo da Mensagem de Fátima, à luz das celebrações deste centenário: Adoração, Conversão, Oração, Penitência (palavras selecionadas pelo Santuário de Fátima).

Cada estandarte é acompanhado por um folheto que apresenta uma breve meditação sobre o seu significado, o que facilita a animação espiritual que pode ser feita em torno destas palavras nos agrupamentos.

Mas a campanha em apreço pode ainda ser considerada uma boa oportunidade de angariação de fundos para os níveis envolvidos.

Com efeito, a BAC concede ao CNE condições especiais muito vantajosas de distribuição ao público dos estandartes, remetendo-os aos agrupamentos e juntas e recolhendo os que sobrarem, sem custos para o CNE. A BAC cede os estandartes a €3/1 (IVA incluído), o seu preço de custo; o CNE poderá fazer a distribuição pública dos estandartes a €5/1.

Esta é, assim, uma dupla oportunidade de promover e «perpetuar a importância desta data» – o 13 de outubro – e de conseguir, em início de ano escutista, um reforço de tesouraria interessante.

A BAC vai contactar diretamente os agrupamentos e demais estruturas para um bom envolvimento do CNE.

Texto de: João Teixeira. Fotografia de: BAC-Speakers Bureau.
 
Bookmark and Share