INÍCIO /// NACIONAL
 
 
 
 
 
Escuteiros de Évora participaram ativamente no exercício.
Artigo publicado a 2019-05-31 /// 273 visualizações
 
Cascade'19: CNE participa em exercício europeu de proteção civil
Decorre, esta semana, o Cascade'19, um exercício europeu de proteção civil que visa testar e treinar a resposta das autoridades em situações de emergência múltiplas.
Trata-se de um LIVEX (Live Exercise, exercício em tempo real) com diversos cenários, a decorrer desde segunda-feira, nos distritos de Lisboa, Aveiro, Évora e Setúbal e simula situações de emergência múltipla que possam ocorrer em cascata ((sismo, cheias, acidente químico, rutura de barragem e poluição marítimo).

Entre as situações de emergência, houve derrocadas de prédios e fábricas, acidentes aquáticos, rodoviários e ferroviários (alguns com derrame de matérias perigosas). Treinaram ainda a resposta a alertas de tsunami, diversos tipos de evacuações, como as margens de um rio ou até de uma serra, e também inundações, incêndios e situações de pessoas presas em grutas.

O Corpo Nacional de Escutas (CNE) está a participar no Cascade’19, enquanto parte integrante do Grupo de Operacionais Nacionais. Está nos postos de comando nacional e regionais, no terreno, com equipas de apoio de retaguarda dos agrupamentos das Regiões afetadas, e em contacto permanente com as regiões limítrofes para que possa haver um apoio integrado e coordenado.

Esta participação está a ser coordenada e gerida pelo Departamento Nacional de Proteção Civil e Segurança do CNE, com um Oficial de Ligação no Posto de Comando e um Coordenador Avançado, que faz ligação com os Delegados e Coordenadores nos diversos Teatros de Operação.

O Cascade é um exercício europeu de proteção civil que decorre em vários países entre 28 de maio e 1 de junho de 2019. Em Portugal, o exercício é organizado pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em colaboração com a Direção-Geral da Autoridade Marítima. É co-financiado pela Comissão Europeia no quadro do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia, que mobilizou mais de três mil participantes, operacionais nacionais e estrangeiros.

O Corpo Nacional de Escutas participa com um Oficial de Ligação no Posto de Comando Nacional e, ativamente, nas Regiões onde o mesmo decorre (Lisboa, Aveiro, Évora e Setúbal). Este é o maior exercício do género de sempre em Portugal e um dos maiores da Europa.

Texto de: Secretaria Nacional do Ambiente e Sustentabilidade. Fotografia de: Departamento Regional de Proteção Civil - Região de Évora.
 
Bookmark and Share