INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
A "Praça Central" do 5º Encontro Nacional de Leigos.
Artigo publicado a 2019-11-25 /// 115 visualizações
 
Praça Central juntou 600 pessoas em Santarém
Os participantes foram desafiados a responder e debater as questões “Há lugar para a vida inteira e para a santidade hoje? Que notas a descobrir, a arriscar e a imprimir no que recebemos para viver?”.
Debater a santidade na Praça Central foi o objetivo que juntou cerca de 600 participantes no V Encontro Nacional de Leigos, promovido pela Confederação Nacional do Apostolado dos Leigos, que congrega a maioria dos movimentos de leigos existentes no nosso país, incluindo o CNE.

O dia estava dividido em três partes. A parte da manhã decorreu no pavilhão de exposições de Santarém e contou com conferências de diferentes protagonistas. Isabel Capeloa Gil, reitora da UCP, esteve à conversa com o Pe. José Frazão, provincial dos Jesuítas, sobre a santidade. Moderada pelo jornalista António Marujo, a conversa levou os protagonistas a defender que a santidade não pode ser entendida como algo de longe da maioria dos fiéis. A reitora da UCP, falou da santidade como uma prática do quotidiano, «nos pequenos gestos» e face a quem «interpela pela sua radical diferença», enquanto o padre José Frazão Correia sustentou que «a santidade não pode ser menos do que uma ousadia de vida».

De manhã os participantes puderam também ouvir o testemunho de Pietro Sarubbi, ator italiano que fez de Barrabás no filme «A Paixão de Cristo», de Mel Gibson. O ator trouxe o seu testemunho de conversão, que aconteceu no momento em que, no filme, o seu olhar se cruzou com o de Jim Caviezel, que fazia de Jesus. «Aquele era o olhar de Deus», afirmou aos participantes.

Finalmente, Linda Ghisoni, colaboradora do Papa Francisco no Dicastério para os Leigos, Família e Vida, falou em seguida do «chamamento a ser santo», que apresentou como «o chamamento a cantar a partitura do Evangelho» e «incarnar na vida concreta a Palavra de Deus».

Durante a tarde, o programa incluiu debates, concerto e visitas culturais, comunicações, conversas, workshops e oração no Santuário do Santíssimo Milagre. O CNE esteve presente com o testemunho de Joana Bastos no painel «Desafios à santidade no mundo contemporâneo».

O novo núncio apostólico em Portugal, D. Ivo Scapolo, presidiu à Missa conclusiva do V Encontro Nacional de Leigos, na Catedral de Santarém. A "Praça Central" terminou com o concerto de Joana Espadinha, no Teatro Sá da Bandeira.

Texto de: Ricardo Perna. Fotografia de: Arlindo Homem.
 
Bookmark and Share